segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mais Paciência



Tantas inquietações assoberbam as criaturas que somos impelidos a pensar por nós e pelos que nos cruzam os caminhos, a fim de nos prevenirmos contra acidentes.
Ouçamos com mais paciência,evitando o aparecimento de explosões de azedume.
Quanto mais longo o estopim da tolerância, maior a probabilidade de evitar-se o desastre.
Se teus filhos se deixam iludir por idéias negativas, conserva mais paciência evitando,pelo amor, que caminhem sem defesa ao encontro de tragédias passionais evitáveis.
Se teus familiares não te compreendem, sustenta mais paciência, para que a desarmonia doméstica não se cristalize, criando sofrimentos inúteis dentro de casa.
Se amigos tomam rumos diversos dos teus, aceita-os com paciência e poderás auxiliá-los a superar as provas que, decerto, enfrentarão.
Em situação aparentamente insolúvel, usa mais paciência, que é construção da alma sobre os alicerces da fé em Deus, e vencerás.

Emmanuel-Chico Xavier